Wednesday, December 30, 2009

Cartas do Anónimo



Há bandas que começam e têm a sensação de que vão passar um bocado ao lado. Há outras que desconfiam que vão ser mais ou menos faladas. E depois há aquelas bandas que sabem que vão inevitavelmente marcar a actualidade e os tempos subsequentes. A receita dos Violens é muito simples: explorar a beleza escondida das palavras cantadas. Escrevem dos sonhos, do tempo e das alucinações. Inspirados nos acordes ingénuos do rock dos anos 60 dos The Zombies, deixam por vezes escapar a guitarra para as mãos do inconfundível Johnny Marr dos Smiths (por acaso esta música nem é o melhor exemplo). Hoje, um bocadinho atrasado pela chuva, o Anónimo mesmo assim confere! Mais uma esperança nova-iorquina a deixar em maus lençóis a pop britânica.
Att: disco novo para 2010.



Violens, Trance-Like Turn

2 comments:

Anonymous said...

Um bocadinho atrasado... Lia outro dia um artigo do nosso ex. ministro das finanças Campos e Cunha que um dos nosso maiores problemas (nós os Portugueses) é estarmos constantemente atrasados. Faz de nós um povo menos competitivo e deixa passar ao lado boas oportunidades por este modo de operar. Tudo bem, o anónimo confere... Eu por mim sou o rei do atraso e já tive várias vezes a ideia brilhante de fazer uma campanha (publicitária) nacional para que tentemos chegar todos mais a tempo. Mais; faço a campanha bem, gratuitamente e a tempo!!!

Maroussia said...

It will be great to watch Mark Knopfler, i have bought tickets from
http://ticketfront.com/event/Mark_Knopfler-tickets looking forward to it.