Sunday, June 28, 2009

{Red My Lips} Michael Jackson

Levaste-me pela mão nos tempos das cassetes Betamax gravadas de telediscos do princípio ao fim, das pastilhas Gorila, Super-Gorila, e das Peta-Zetas vindas de Badajoz. Tu caminhavas sobre a Lua como se ela fosse tua e eras a estrela mais brilhante ao alcance dos nossos olhos de miúdos. Isto era o que eu via deste lado. Pergunto-me hoje o que verias tu daí... Acho que no fundo os teus olhos eram apenas iguais ao meus, riam-se e assustavam-se como os de qualquer criança. Será que tudo te aconteceu demasiado depressa enquanto te divertias? Será que acordaste um dia e, aterrorizado, te apercebeste que já nada era uma brincadeira e que nada seria como antes? Tiveste medo?
Sabes que mais? Não acho que te tenhas esquecido algum dia que eras igual a nós – não – nós é que nos esquecemos sempre dessas coisas.
.
Obrigado por tudo.
.
Encontramo-nos na Bola Nívea, ok?
.
Michael Jackson, Human Nature

1 comment:

Leididi said...

Belo texto, sim senhor.