Wednesday, February 4, 2009

Guest Box

O espaço que se segue é da inteira responsabilidade do Anónimo


Ok. Admito. Fiquei sugestionado pelo manifesto matrimonial afixado pela Leididi no dia 23 de Janeiro. Como tal, fui discretamente à procura de equivalência sintáctica e o que descobri agradou-me sobremaneira.


Os Metronomy (atenção não confundir com matrimony) possuem um tema muito bonacheirão e descomprometido acerca dos desaires amorosos. Todos nós já fomos alvo ou perpetrores de algum Heartbreak. É inevitável a desilusão no amor. Aliás, prova disso é a paixão desmesurada que crianças adolescentes nutriam por Axl! Paixões essas nunca retribuídas e que tiveram de ser colmatadas por prestações inocentes de jovens imberbes, facilmente ludibriáveis. Bom, mas em relação à música, como vêm do Reino Unido podem ser confundidos com uns Hot Chip ou uns Friendly Fires. Não ocultam influências baseadas em David Bowie e Devo. A título curricular, posso informar-vos que já elaboraram remisturas para bandas como Gorillaz, Architecture in Helsinki e U2, entre outros.

Vá, oiçam lá e depois digam o que vos parece. O Anónimo confere!

Metronomy, Heartbreaker


6 comments:

R2D2 said...

Very British, indeed...
Soa-me bem, parece-me bem, sabe-me bem... deve ser bom

Lek said...

Só pra avisar que o novo videoclip dos The Killers já está acabado.
Os Xuker's podem vê-lo aqui:
http://video.islandrecords.com/premiere/artist/The-Killers/Spaceman/9138097001

R2D2 said...

Sabes uma coisa Lek? Quando reparo no guarda roupa dos Killers de hoje confirmo, sem margem para dúvida, que o Brian Eno foi um gajo mesmo muito à frente, não é?

Lek said...

Pois, sabes... nos tempos aureos do Brian Eno, fumava-se cenas esquisitas à "vara larga" e o sexo era livre e abundante... :P
Os Killers assumem finalmente o seu cariz Glam.

Breites said...

Excelente, excelente! Gosto muito desta juventude que gosta de arriscar. Nights Out foi um dos meus álbuns do ano e aconselho toda a gente a ouvir. Esta belíssima Heartbreaker é o momento mais pop do álbum e colou-se ao meeu ouvido como uma lapa :)

ANÓNIMO said...

É verdade Breites! Escolhi esta como podia ter escolhido tantas outras. O álbum está acima da média...