Wednesday, January 14, 2009

Guest Box

O espaço que se segue é da inteira responsabilidade do Anónimo:
.
E como vos prometi, cá estou eu. Desta vez para vos mostrar um género musical menos explorado: o Psicodélico. É que desde o álbum de Lindstrom e Prins Thomas que não ouvia uma fusão tão inteligente. Confesso que para se arquitectar um disco destes ou tem que se saber muito de música, ou tem que se ter uma cultura estética fora de série.
.

Neste caso concreto, os ingleses Matt Edwards e Joel Martin reúnem as duas façanhas. Silent Movie dos Quiet Village não só recupera o romantismo dos filmes italianos dos anos 70 como também acrescenta um ponto enorme na história da música.

O Anónimo confere! Uma caixa de surpresas pronta a ser utilizada em leituras suaves, viagens contemplativas ou quem sabe em noites exóticas de cocktails e conversas intimas…

Quiet Village, Broken Promises

5 comments:

Alminha Mariana said...

Definitivamente não é a minha onda! Mas sim, se calhar na banda sonora de um filme, é capaz de ficar muito bem!

Happinêss said...

Portanto, quem vá ali ao Tibete, passa a gostar de Quiet Village?

Lek said...

O que mais gosto no anónimo é a soberba com que ele defende as suas sugestões, como se elas fossem o derradeiro expoente do bom gosto (que eu não tenho). Gosto! pronto, gosto :)

ANÓNIMO said...
This comment has been removed by the author.
ANÓNIMO said...

Meu povo eu avisei que se tratava de um género diferente! Para mudar de cenário. Porque é bom conhecer outras realidades...