Wednesday, January 7, 2009

Guest Box

Este espaço é da total responsabilidade do Anónimo:


Antes de mais, o Anónimo quer desejar a todos os leitores do XUKE um excelente 2009! E depois deste prólogo sentido, agora já podemos ir à música.


Quase sem comentários possíveis, esta reinterpretação do tema original de Kate Bush avassala todas as expectativas. A voz de Ruth Radelet e a programação de Adam Miller deixam entrever uma atmosfera encantatória, algures entre o limite e a realidade. Inserido no quarto trabalho da banda de Seattle, Running up That Hill apodera-se da alma sem que tenhamos a mínima suspeição que estamos a ouvi-la pela primeira vez. Mas curiosamente não.
O Anónimo confere. Não é a primeira nem será concerteza a última versão desta música. Agora que é muito boa, lá isso é... Até para a semana.
.
The Chromatics, Running up that Hill (Kate Bush Cover)

11 comments:

Lek said...

Prezado Anónimo,

Tenho seguido com atenção todas as suas sugestões aqui no Xuke, agora, com toda a reverência e respeito que a sua pessoa me merece, permita-me discordar veementemente da «excelencia avassaladora» desta versão.

É que, na minha modesta opinião, só consigo classificar esta versão, na classe "sofrível menos"... ou "miserável mais", váá!

Uma cópia por muito bem feita que seja (o que não é claramente o caso desta), nunca se aproxima do original.

Claro, que gostos não se discutem, mas não podia deixar passar em claro esta oportunidade para "falar mal".

M.A. said...

Acho os Chromatics um tudo ou nada enfadonhos. Mas no capítulo das versões ( esta e, sobretudo, em "I'm on Fire" do Springsteen) tenho de admitir que se saem muito bem.

ANÓNIMO said...

Caro Lek, há coisas que nem toda a gente compreende. Talvez quanto melhor é o bom gosto mais evoluidos ficamos. Como tudo na vida, é uma questão de trabalho. Coragem! Não desistas.

Abraço

Happinêss said...

É uma versão agradável, sim! E agradável é também a versão do Brian Mulko (Placebo).

Anónimo, ficas mais bonito sem o teu nome em caps lock, assim ficas mais agressivo =)

ANÓNIMO said...

Happinêss,é para compensar a falta de rosto ;)

Graven said...

É a música que mais gostei de todo o álbum... o que será que isso quer dizer?

Sugestão para cover do dia:
A Forest - Bat for Lashes

a gaija trendy said...

Caro Anónimo,

Não desmoralize, aqui esta sua "ouvinte" adora os The Chromatics e esta versão. Uma dica, dentro do mesmo género e pertencente à mesma editora (Italians do it better), aconselho-o a ouvir os Glass Candy. Muito bons também...
Cumps

ANÓNIMO said...

Dona Trendy, conheço e também gosto bastante. Obrigado pelo apoio! Vamos concerteza continuar a trocar boas ideias. Aquele obrigados

ANÓNIMO said...

Graven é sim senhor uma bela cover. Posso adiantar-te que o tema original faz parte da playlist da festa do Xuke...

Anonymous said...

E que tal pôres kill hannah?? tu sabes quem fala, anónimo...HIHIHIHI!

ANÓNIMO said...

Olá olá! Não está fora de questão. Obrigado pelo comentário. Keep in touch...