Monday, November 24, 2008

{Red My Lips} Zoot Woman


Confesso que o trabalho dos Zoot Woman me tem passado um bocado ao lado. Conheci este quarteto britâncio em 2003, a quando do lançamento do seu segundo e homónimo álbum e não me entrou às primeiras audições e, por isso, larguei o disco e perdi um pouco o interesse pelo que a banda de Stuart Price, Johnny Blake e Adam Blake tem feito desde então.

O primeiro motivo para este post, é dar-lhe a forma de um cumprimento a um leitor assíduo, exigente e altamente querido neste blog, e que dá pelo nickname de “Lek”. Este amigo, com quem se pode e deve falar de música, deixou-nos no post anterior o desafio de ouvir este tema. Eu, que sou bem mandado, fui logo tratar disso.

O segundo motivo prende-se com o facto de “Live In My Head “ ser o primeiro single do terceiro álbum de estúdio da banda, editado este ano, e pelo que ouvi a coisa está mesmo mais madura, o que não admira, já que parece ninguém parar Stuart Price, produtor de trabalhos de Madonna, Missy Elliot, Gwen Stefani, Keane e, para quem não sabe, do último álbum dos nossos The Killers.

É ouvir e pôr ao fumeiro se faz favor. Obrigado Lek!

Zoot Woman - Live In My Head

2 comments:

Alminha Mariana said...

Realmente, é inacreditável como cresci a ouvir falar do Stuart Price e nunca me tinha empenhado em conhecer o trabalho próprio dele. Obrigado Lek pelo momento de iluminação!

Lek said...

Bem, digamos que o Stuart funciona para os Zoot Woman assim como uma espécie de Joker num baralho de cartas. Ele é mais produtor e compositor do que propriamente elemento integrante e permanente dos Zoot. Aliás, têm agendas desfazadas. Ele surge só quando é preciso acrescentar os "pozinhos de pirilimpimpim" à musica do grupo. Enfim, coisas normais no meio. Nada que Daniel Lanois, Trevor Horn ou Malcom McLaren não tenham passado carreiras inteiras a fazer. São gajos cool, com uma visão profunda de determinados "momentos musicais". Neste caso, exemplo daquilo que melhor o rock pode "beber" nas pistas de dança "house".
PS- e o xukebox num tem nada que me obrigadar, é com todo gosto.