Sunday, November 16, 2008

Oldies & Goldies



Nena

Já muitas vezes me tinha perguntado o que seria feito da Nena.
Para quem não conheceu a Nena, foi uma miúda que teve um êxito tremendo em 1984 com uma canção chamada “99 Red Balloons”, ou “99 Luftballons” na sua versão original em alemão. Esta canção foi um hit nas pistas de dança mais new wave daquela altura. Eu, com doze anos, era um habitué da pista de dança do meu quarto (e acreditem que se dançava muito por lá) e do quarto do Aragão que detinha os outros 50% de cota de mercado lá do bairro de Miraflores. Dizia-se que se podia ouvir boa e nova música noutras casas lá do bairro. Eu nunca tive acesso a provas irrefutáveis que o comprovassem, mas também o mundo naquela altura tardava muito mais a percorrer e a internet era lentíssima - tipo 48 K’s de velocidade de transferência por ano.

A Nena pôs-nos a sonhar com ela e apareceu sem avisar, tal como apareciam de vez em quando outros alemães, mas na grande maioria dos casos muito feios, muito porcos e muito maus. Mas a Nena tinha pinta, era gira, era rebelde, e o facto da música ter um refrão que, quando traduzido, falava de 99 balões vermelhos, não foi impedimento para curtirmos à séria.
Passado este tempo todo, parece-me mais do que justo recordar a Nena, nascida e baptizada de Gabriele Susanne Kerner em 1960, numa cidade industrial da Alemanha Ocidental chamada Hagen.

Para os mais curiosos e dedicados às histórias da música, digo-vos que a Nena está de boa saúde e vive com o seu segundo marido, baterista e produtor musical, em Hamburgo. Curiosamente, e confesso que para grande surpresa minha, esta mulher não parou nunca e gravou muitos mais discos do que eu pensava: 8 na década de oitenta, 12 na de 90 e 7 nesta década, onde se inclui um álbum em 2007. Sim senhora Nena!


Aqui o R2D2 vai pensar uma bocado no ditado que diz “nunca voltes aos sítios onde foste feliz” e logo decidirá se vai ouvir o que é que a rapariga tem feito nos últimos 24 anos. A vocês não se vos exige o mesmo e podem ouvi-la ali nos X-Tunes do Xukebox.
Para já, e sem direito a embrulhar para consumir mais tarde, deixo-vos com esta:

Nena - 99 Red Balloons

4 comments:

Anonymous said...

Caro R2D2, já que entraste em solo germânico, gostaria de te deixar aqui a referência a uma banda oriunda de Hamburgo que chegaram a gravar para a mítica 4AD. Chamam-se Xmal Deutschland e enquadram-se no espectro do New Wave com bastantes influências Pós-Punk (fizeram parte da minha juventude mais vanguardista). Fica o tema talvez mais mediático mas de grande qualidade. Uma banda para redescobrir concerteza…
http://www.youtube.com/watch?v=T7FMpHukgzA

Anonymous said...

E numa versão tipicamente germanica, cá o Anónimo até acha muita piada à vocalista...

R2D2 said...

Caro Anónimo,
A tua vocalista, dos teus Xmal Deutschland, de feições, é assim como uma fusão entre Siouxsie e Kim Wild. Já musicalmente tem mais de Siouxsie, já que de Kim Wild nada tem, certo?
Noves fora nada, será que ela também te acha muita piada? Essa parece-me ser a grande questão.

Anonymous said...

Caro R2D2, o Anónimo está em crer que a esta altura do campeonato Anja Huwe já tem idade para ser avó. Portanto, essa questão não se põe. Prefiro investir nas camadas mais jovens. Quem sabe se um dia destes não encontro a Maja Ivarsson num qualquer barzinho em Estocolmo. Aí sim, aí já podemos falar...