Thursday, April 11, 2013

Been There Done That #Toro Y Moi#

Por ocasião e feliz coincidência, aquando da minha estada agora em Buenos Aires, tive a oportunidade de ver e ouvir o último álbum do americano Toro Y Moi. Depois de uma penosa e longa espera de uma hora, em pela avenida Coronel Niceto Vega, na zona de Palermo Viejo, lá se abriram as comportas do Niceto Club. A expectativa era alta e em pouco mais de 30 minutos, a sala de espectáculos/discoteca encheu-se, sobretudo de jovens cosmopolitas. Eles com cortes de cabelo modernos, e elas a ostentarem calçados revivalistas e muita ganga. Estava montado o cenário. Agora só faltava o cabeça de cartaz. Antes, escutámos o som de uma banda local que, ao que parece, já têm alguns seguidores. Um quinteto bastante sofrível a apresentar temas coesos e com bom groove, a fazer lembrar algumas coisas de Frankie Goes To Hollywood. E a seguir, finalmente, Chazwick Bradley Bundick! Um dos grandes embaixadores do Chillwave. Acompanhado por três excelentes músicos, na bateria no baixo e na guitarra/teclas, Toro Y Moi deu um belo concerto. Um punhado de músicas do primeiro e segundo trabalho, e um maior ênfase ao terceiro "Anything In Return" de 2013, foi a receita que Chazwick resolveu trazer para Buenos Aires. Funcionou. Aliás, diga-se de passagem que funcionou até muito bem. Apesar deste último álbum não ser tão acelerado, os novos temas, apoiados em hits dos álbuns anteriores, revelaram-se muito agradáveis e frescos. Prova disso foram os picos de êxtase que o público mais jovem demonstrou ao inflamar, com saltos e gritos emocionados, o miolo do Niceto Club. Em suma, excelente viagem, óptima surpresa. Foi caso para se dizer: Dale Dale Toro!!!

No comments: