Wednesday, February 27, 2013

Cartas do Anónimo

- Porquê subir à copa desta árvore? Porquê?! Para ter uma vista melhor? - Primeiro, para lá chegares tens que a subir. Para a subires tens que a sentir, agarrar-lhe o corpo e encontrares braços que te empurrem. Por isso, será melhor, enquanto estás cá em baixo, olhá-la com afinco. Vê-la desde a raiz. Chegar à copa, se ela te deixar, é o fim do problema. - E quando chegar lá acima, o que é que acontece? Isto claro, além de poder cair pelo caminho e esfolar-me na pele com galhos secos... - Pois, mas isso não é o fim do problema. Terás que o resolver primeiro, na totalidade. - Mas com que objectivo? Não consigo despegar-me do chão se não perceber se vale a pena o esforço. - Quero que o faças. Sei que no fim irás agradecer-me a teimosia que te deu forças para resolveres problemas. Problemas inteiros. A vista pouco me interessa. Interessas-me tu, e seres um rapaz de continuar a sonhar que serás sempre capaz...

3 comments:

Anonymous said...

"Quero que o faças. Sei que no fim irás agradecer-me a teimosia que te deu forças para resolveres problemas. Problemas inteiros. A vista pouco me interessa. Interessas-me tu, e seres um rapaz de continuar a sonhar que serás sempre capaz... "

Isto... vale tanto. Se uma pessoa conseguir viver a pensar assim, se uma pessoa se conseguir guiar por pensamentos nesta linha de ideias e intenções, cosegue ser inteiramente feliz. Eu acredito nisto.

ANÓNIMO said...

Bom, eu sou suspeito, mas também acho o mesmo.

Anonymous said...

Suspeito. Nao acredito.