Friday, December 21, 2012

Best of 2012

Bem sei que ando desaparecida, mas não abandonei a música. Isso nunca!
Em jeito de lista de final do ano, passo a elencar os meus "chosen ones":



[Melhor álbum] 
Jack White - Blunderbuss
Normalmente tenho muita dificuldade em escolher o melhor ou pior mas, definitivamente, este foi o álbum que mais ouvi em 2012. Da faixa 1 à 13 sem interrupções.


[Melhor canção]
Cat Power -Sun
Esta escolha foi mais difícil porque de boas canções está o ano cheio. Mas esta faz-me abanar os ombros e bater o pé desde o primeiro segundo. E esta é uma característica fundamental.


ohhh.. posso escolher mais uma? Só mais uma... é que esta também é muito boa!



[Melhor concerto]
Pearl Jam, Berlin, O2 Arena, 4-5 Julho2012

Sim, foi a 9ª e 10ª vez que vi os Pearl Jam e nunca é demais. Não é sempre diferente, mas é sempre bom. Foi dose dupla e podia ter sido tripla! Foi uma viagem não só a outro país para os ver (o que é sempre bom), mas também ao passado da banda já que no primeiro dia de concerto o "Ten" foi quase todo revisitado! Uma coisa é certa: estes senhores sabem dar concertos. Mesmo!

Em termos de novidade, este ano ficou marcado por ter sido a primeira vez que vi Stevie Wonder ao vivo! Pena ter sido no Rock in Rio, mas valeu a pena. Respect!

[Melhor álbum português]
António Zambujo - Quinto

É uma lufada de ar fresco que recicla tudo o que há de bom na música portuguesa e não só. Zambujo ao poder!

 

[Melhor canção portuguesa]
Minta and the Brook Trout - Falcon
Walter Benjamin - High Speed Love

Não me consigo decidir só por uma! Gosto muito das duas... 
lá está, a minha dificuldade em escolher...

 

[Revelação do ano]

O festival não é novo. A novidade foi ser no Porto e ser dos melhores festivais onde já estive. Bem organizado, bom cartaz, não demasiado cheio, bons sítios para comer, bons brindes (as mantas de piquenique foram a melhor ideia de sempre) e muito bom ambiente. A chuva estragou um pouco os planos. Eu que o diga porque os Death Cab for Cutie eram uma das minha prioridades e fiquei sem vê-los. Mas até isso passou despercebido.
Já está garantido para o ano e a minha presença também. Blur, we'll meet again!


[Desilusão do ano]

 Estou triste demais para escrever seja o que for... é perto de inaudível.

[Tristeza do ano]
Final do Toca e Foge, no Canal Q :(

Foi a minha melhor aventura e valeu bem a pena. A vontade de continuar era muita, principalmente neste momento em que há pouco espaço de divulgação da música portuguesa nos meios. Mas as condições foram adversas. Outras oportunidades surgirão e estes dois anos de Toca e Foge ninguém nos tira! E deixa uma data de bons momentos para recordar :)

1 comment:

ANÓNIMO said...

MARYYYYYYYYYYYYYY!!!
Estive mesmo indeciso entre pôr o remix dos Four Tet e o "Ruin" da Cat Power para melhor música estrangeira! Sejas bem aparecida! We need you!!!