Wednesday, January 5, 2011

Cartas do Anónimo


Não tenho televisão. Graças à moda ou à tendência anti-despesismo mental. Sim é certo. Não vejo aquilo que quero ver, mas também não vejo aquilo que não quero ver. Não perco tempo a sintonizar nem a escolher entre um filme que já vi no cinema ou um documentário selecto sobre embarcações primordiais de navegadores polinésios. Não gasto dinheiro em pilhas para o comando. Mas o mais importante, isso sim, são muitas as vezes que não sei o que se passa no mundo. Não sei nada. Ou por outra, apenas aquilo que realmente me faz ficar alegre, bem disposto e saudável por dentro. A música é uma delas. A música que faz tantos dias meus não se tornarem num acumulado de horas enfadonho e requentado. Televisão? Para quê?


Menomena, Dirty Cartoons

2 comments:

The Schnoof said...

Qualquer dia faço o mesmo!

Breites said...

Eu tenho, mas cada vez a ligo menos. Numa época em que a televisão que queremos e escolhemos nos entra pelo ecrã do pc, cada vez vou dispensando + a velha "caixinha mágica", que se vai também auto-esvaziando de magia.

Que 2011 nos continue a trazer um Xukebox cheio de força e com excelentes apontamentos, como este e inúmeros no passado.

abraço, bom ano para vocês!