Wednesday, May 26, 2010

Been There, Done That | The XX








(Reportagem fotográfica por Mary. Obrigadaaaaa!)



Só numa terra onde o sol espreita tão poucas vezes é que as pessoas podem compreender o que é o verdadeiro significado de viver na sombra. Dark in the soul. E a música não é senão um excelente condutor para fazer a catarse desse mesmo fenómeno. Foi essa a clara sensação com que fiquei depois de ter saído daquela sala magna. Eles vieram cá, pela primeira vez, fazer mais uma vez a purga do fenómeno. Porque quando a luz é muito forte queima, põe-nos rugas e seca-nos a pele. Quando somos novos aguentamos tudo (ou pensamos que aguentamos), mas é a gravidade do destino que nos segura do precipício. Damos aquilo que o nosso corpo consegue dar. O resto são ilusões.

Cru, sintético e matemático. Tal como a Biologia. Ou melhor: a Medicina. Não ouve ninguém que não tenha pensado que conseguia fazer o mesmo. Tocar os instrumentos está claro. Porque compor, essa é outra conversa. E a noite estava bem composta. Sala cheia e expectativas lá bem em cima. E foi sentados que recebemos de bom grado o trabalho dos rapazitos da Londres contemporânea. As músicas já todos conhecem. Ouve a surpresa de uma cover mas que nem parecia ser de alguém a não ser eles. Este concerto foi uma lição. Uma aula dada com certezas e sem interrupções de pensamento. Ontem olhamos serenamente para o que é fazer um ritmo, tocar um baixo e uma guitarra e cantar cantigas de amor e solidão. Quem foi de preto acertou na cor. Fez jus à cerimónia que certamente tão cedo não há de esquecer. Porque escura é a noite, assim como as dúvidas do amar.


The XX, Do You Mind (Kyla Cover)






1 comment:

mary said...

oooohhhh, as minhas fotos ficaram aqui tão uindas!!!!!!! :) BEIJOS XUKEBOXIANOS