Monday, December 21, 2009

Oldies & Goldies



Estávamos em 1991 e os franceses da Inrockuptibeles tiveram a preciosa ideia de homenagear o trabalho de Leonard Cohen. Acabados de sair da fúria expressionista dos oitenta, a nova década abria um mar de oportunidades conceptuais. E foi assim que aconteceu. Tudo mudou. Tudo evoluiu para outro quadrante. Mas as bases não estavam esquecidas. As letras e as composições vinham de algures.
Orientadas pela luz de um dos grandes criadores, as bandas que vieram preencher as nossas memórias dessa década convergiram num interesse comum: a exortação da música intemporal. E de facto neste disco de tributo figuram as músicas mais interessantes e intemporais do início da carreira do canadiano. Nomes sonantes como The House of Love, Ian McCulloch, James, Lloyd Cole ou Nick Cave and The Bad Seeds (apenas para enumerar alguns) refazem a história da música com as suas reinterpretações (perdoem-me a heresia) quase tão boas como as originais. E como podemos constatar, raras são as vezes que os ilustres encontram consenso. Por isso, “I’m Your Fan” encontra-se na categoria de compêndio de biblioteca. Um dois em um que mais parece uma enciclopédia. Para ouvir e nunca esquecer...


The Pixies, I Can't Forget

1 comment:

R2D2 said...

Anónimo e Mariana,
Acabei de fazer um comentário no post mais recente da minha irmã, a propósito de Jesus & Marychain.
É incrivel que, mesmo não falando sobre o tema, andemos a revisitar os mesmos discos. Sim, também este passou há uma meia dúzia de dias pela minha aparelhagem.
Também devor acrescentar, amigo Anónimo, que este disco me foi apresentado por ti, o que me recorda sempre as nossas grandes audições (em alta fidelidade, claro)
Aquele abraço!