Saturday, October 3, 2009

Guest Box

O espaço que se segue é da inteira responsabilidade de PWFH

Saio do cinema cuspindo os bagos de milho que não empipocaram, tinha ido ver o filme “Inimigos Públicos”. Lisboa estava quente e deserta e uma Super Bock gelada vinha mesmo a calhar.

Sentia-me bem, mas com vontade de praticar o mal, tinha em mim qualquer coisa que me fazia sorrir e me deixava irrequieto. Não queria estar assim vestido, queria um fato preto, uma gravata e chapéu branco, uns sapatos pretos e brancos com pequenos furos, e uma metralhadora rotativa. Os estofos do carro ferviam e as ondas de calor do capô transformavam a cidade num bairro de Chicago nos anos 50.

Arranquei e acendi o penúltimo cigarro. Preciso de um plano, quero combater esta inércia, não tenho uma Família que me beije a mão e me chame de padrinho, não tenho um talho para fazer lavagem de dinheiro, não sou chulo nem agiota. Tenho de viver isto sozinho e não tenho as sete vidas do gato. Os quatro vidros abertos deixam entrar mais barulho da cidade que passa por mim, do que propriamente vento refrescante.

Quero uma cerveja gelada, um maço cheio, uma nota de 500, uma Lisboa internacional, Mobs a preto e branco, com mods em Vespas, uma cidade bairro. Quero uma rude girl. Quero casinos, bandas de garagem, sidekickers, mowtown blues, Sohos e junkies. Musica. Abro o porta-luvas e saco uma cassete. Rancid. Rancid e a tal cerveja. Quero ser rude & reckless, mas não posso, amanhã trabalho.

PWFH

Rancid, The Boys of Time Bomb

9 comments:

A said...

muito bom!! queremos mais guestboxs do PWFH!

Mariana said...

Mais guestboxes e o Johnny Depp, se faz favor! E a inércia deixará pura e simplesmente de existir!:)

Obrigada, PWFH!

Nawita said...

Muito bom! O texto e a música!

PWFH said...

Sempre às ordens. Tbm me deu gozo escrever e participar, espero até poder fazê-lo mais vezes.
Bjos e abraços

Isa said...

Faz mais vezes mesmo.
Tudo bom. Adorei o texto.

Alexandra said...

Continuo a indagar-me porque não escolheste Beyonce.

R2D2 said...

Caro PWFH,
Apesar de ter que ir ler uma cábula cada vez que tenho que escrever o teu "nome", é um tremendo prazer ter este teu Guest Box aqui pelo Xukebox.
O texto está espectacular e o tema faz-me lembrar os meus bons tempos do Rock Rendez Vous, da Incrivel Almadense, do Bar Oceano. Eu era então um miúdo, tal como sou agora, apenas tinha que fazer a barba menos vezes por mês.
Volta sempre!

grassa said...

O P de PWFH é, oficialmente e a partir d'hoje, P de "Padrinho".

R2D2 said...

Olha! O Sr. Grassa! Que honra!
Estás na mesma, rapaz.
Abraço,