Wednesday, September 16, 2009

Cartas do Anónimo

Eh! Alto alto alto alto!!! Onde é que vão todos com tanta pressa?! Esperem aí um bocadinho pá!

Então mas afinal que retórica toda vem a ser esta? Hum?! Afinal de contas… Vamos lá um passo de cada vez. Mas que malandrice é esta?! A passar matéria toda à frente sem primeiro assentar as bases? Então e os clássicos? Homero, Tolstoi, Joyce, Montaign? Que é deles? Já não interessam? A pressa não faz artesão.

Temos que seguir aqui uma ordem não é? O Homem antes de chegar à lua teve primeiro que aprender a olhar para as coisas e questioná-las. Sim porque isto do aprender é uma arte que leva séculos a ficar bem estudada! Por isso meus amigos, nada de enganos! Nada de desatar a pensar que já sabem tudo e que no futuro é que estão as respostas. Olhem para trás e façam o favor de perceber que o presente tem o passado a empurrá-lo para se manter em pé.

As coisas não aparecem feitas! Alguém teve que trabalhar, e muito, para as obras se darem como concluídas, não é verdade? Vá, vão lá pesquisar à vontade a razão dos porquês para depois podermos avançar com mais confiança na nova matéria.

Ok? Então até para a semana.

Tom Tom Club, Wordy Rappinghood (1981)

1 comment:

Lek said...

Um portento de carisma, uma lufada de clarividencia, enfim mais uma lição de vida. O anónimo é que a leva a direito.
E digo-vos mais, se forem aqui:
http://www.youtube.com/watch?v=H2Drw2_HmK0
ainda dá pra ver umas mamocas.