Wednesday, January 7, 2009

Best of 2008

Além de querer desejar a todos os queridos “users” do Xukebox um óptimo 2009 cheio de música, dança, bom humor e mais uma série de outras coisas-com-coisas (adoro o poder abrangente deste conceito), não posso deixar de ficar (no mínimo) satisfeito com a adesão que o Xukebox teve na votação para álbum do ano de 2008. A todos aqueles que em forma de comentário em canal aberto, e a todos os que preferiram fazê-lo na descrição de um e-mail, devo dizer que acho que temos um blog de luxo no que toca a leitores. Um grande obrigado e espero sinceramente que este ano me traga o tempo necessário para andar mais por aqui e, claro, que os nossos leitores “puxem” por nós. É que vocês merecem e nós também.

Agora, depois de limpar a lágrima da comoção e divulgado o álbum do ano, a transparência a que me obrigo convosco leva-me a dizer que a democracia na divulgação do álbum do ano de 2008 do Xukebox, o “in Ghost Colors” dos “Cut Copy”, começa e acaba precisamente nele mesmo, e o facto de coincidir com a escolha dos nossos leitores, mais do que por coincidência ou sorte, é mesmo por este se tratar de um trabalho altamente consistente, feito de bons temas (ou músicas, vá) que se deixam seguir por outros bons temas (sim, gosto de dizer “temas”, what’s up?) e assim por diante, do principio ao fim do disco.
Estamos portanto perante um processo não democrático que, ainda assim, promove o debate de ideias e opiniões.

Mas como nem só de um disco se faz o ano, e porque não há espaço e tempo para falar de todos aqueles que nos fizeram parar, dançar, contemplar, amar, ou simplesmente bater o pé, temos mesmo que fechar este assunto com uma “shortlist” de cinco álbums que, na nossa modesta e tendenciosa opinião, marcaram pela diferença este ano que nos deixou…

E ela é:

1º - Cut Copy – In Ghost Colors
2º - Killers – Day & Age
3º - Jamie Lidell – Jim
4º - Van She – V
5º - MGMT – Oracular Spectacular

Acreditem que entre a Alminha Mariana e aqui o R2D2 houve alguma discussão até aqui chegarmos. Fica a certeza de que muitos bons discos ficaram de fora e eu tenho a certeza de que a minha opinião, porque a maturação de muitos discos requer tempo, será diferente daqui a uns tempos. Enfim, mas o dia de decidir é hoje. Está feito. Ufff…

6 comments:

Lek said...

Agora perdi-me... e o que é suposto a malta fazer com esta short-list ?!?

Alminha Mariana said...

Lek, não é suposta fazeres nada! É a nossa short-list dos melhores de 2008, porque a outra tinha sido a votação dos leitores!lolol. Foi mesmo difícil chegar a um consenso! E ainda não estou totalmente certa:)!

Lek said...

Ahhhh pronto, estou esclarecido!! Acho muito bem.
Os albuns são de toda a gente mas o Xukebox é vosso... Querem lá ver agora que os "donos do blogue" não tinham direito a voto preferencial. Isso é que era doce.

PS- Pá, e os temas do ano? ainda há coragem para fazer esse referendo?

Happinêss said...

Vou mandar para o alto, sa lixe:

Jamie Lidell e MGMT é escolha da Alminha e Van She do R2d2. Os outros são CLARAMENTE dos dois ex aequo.

R2D2 said...

Happinêss,
Que fixe ter-te de volta. Sabes que tinha saudades tuas, não sabes?
Estás quase certa nos tiros que mandas para o ar... mas Jamie Lidell é também ex aequo.
See you

ANÓNIMO said...

Sim mas os Van She mereciam estar em segundos!!! Não me venham cá com tretas!