Tuesday, November 4, 2008

Song for Today


Nome Ladyhawke
Música Paris Is Burning
Xuke’s Note Ladyhawke, natural da Nova Zelândia, é mais uma pérola da editora Modular Records que tem feito um trabalho fortíssimo na divulgação da música que se faz no outro lado do mundo e em especial na Austrália (Van She, Cut Copy, The Pressets, etc).
O seu álbum de estreia, homónimo, foi editado este ano, com produção de James Ford da equipa Simian Mobile Disco (Klaxons, Artic Monkeys) e foi muito bem acolhido pela crítica. Eu, honestamente, não o achei brilhante, mas é um bom disco.
Deixo-vos um videoclip da canção “Paris Is Burning”, e que se enquadra na linha estética “o artista vai andando pela rua, onde vão acontecendo coisas, enquanto canta a canção”. Se estiverem atentos podem reparar que há uma impressionante quantidade de videoclips que seguem esta orientação estética.
.
Ladyhawke - Paris Is Burning

4 comments:

Alminha Mariana said...

Mas é muito poderosa esta música!

Happinêss said...

Muito bom álbum. A voz dela marca, é quente e fria. Gosto também muito da participação com PNAU, em "Embrace", sem a voz dela a música não brilharia metade do que brilha. O vídeo segue, de facto, uma linha já vista, mas que, para mim, calha sempre bem - pode até cair um andaime em cima do artista que ele se mantém intocável na sua performance. Nesta esteira, aprecio bastante o vídeo dos Massive attack para "Unfinished Sympathy" e também da Lisa Stanfield "Never Never Gonna Give You Up" =) (mas há muitos!)

R2D2 said...

Happinêss,
Já não tenho a tua coragem para ir tão longe, ao ponto de lhe chamar "muito bom álbum", ficando-me por um "bom álbum".
Já no que diz respeito à sua colaboração com os Pnau em "Embrace" ("postado" aqui no Xukebox no passado dia 5 de Outubro) não podia concordar mais contigo. Acho mesmo que os dois se potenciam e que os valores individuais de cada um não chegam, neste caso, ao do colectivo.
Também recordo que foste tu, Happinêss, que me apresentáste os Pnau. O Xukebox agradece e o o R2D2 também.

Anonymous said...

Aqui o Anónimo crê que o tema "Another Runaway" desta Lady pode ainda vir a fazer as delícias de pistas de dança mais descomprometidas. As semelhanças na voz e interpretação com Stevie Nicks dos Fleetwood Mac são flagrantes. "Another Runaway" transpira a frescura pop dos 80's gazeteiros, despreocupados e romantico-trágicos. Para mim é a malha do álbum.
Para completar a minha aparição deixo-vos com um clip de outra incursão ao mundo Pop. Faz parte do álbum de estreia dos Black Affair de Steve Mason. Um toque de electro muito noctivago recheado de sensualidade pop-synth. Bom proveito.
http://www.youtube.com/watch?v=skujs6boG4E