Thursday, September 1, 2011

Discóbolo


Após este período de reflexão estival, o Discóbolo volta à baila. Todos sabemos que muitos são os discos que fizeram, fazem e farão a história da música. Mas como em tudo na vida, às vezes temos que escolher. E a minha escolha este mês vai para: "First and Last and Always": o primeiro e insubstituível primeiro longa duração dos ingleses Sisters Of Mercy (nome coincidente com o título de uma música de Leonard Cohan).
Com a banda já a cair aos pedaços, pouco depois de Março de 1985, é lançado o álbum que marcou para sempre a história da ascensão do rock gótico. Ainda que este registo esteja permanentemente ligado à discórdia que graçava no seio do grupo à altura, a sua imensa dimensão magnética impactou o panorama musical não de forma ligeira, deixando o sucesso do conjunto da estrutura das suas composições, tornar-se num modelo para toda uma geração de seguidores. Com batidas estáticas produzidas por uma "drum machine" e as angulares guitarras acompanhadas pela profundidade vocal de Andrew Eldritch, a banda encontra um novo argumento para requalificar o circuito do pós-punk, bem como a própria noção de gótico antepassado. A partir da abertura claustrofobica de "Black Planet" passando para a melancolia de "No Time to Cry", Eldritch tenta convencer os ouvintes que "everything's gonna be alright" - mas, realmente, saindo daquela boca, poucos devem ter sido os que conseguiram sentir o valor dessas palavras. Mas é (no agora) clássico "Marian" onde a música ameaça dissolver-se na relevância vocal de Eldritch. Em "Possession" conseguimos perceber o peso que a guitarra-baixo assumiu na dialética dos Sisters Of Mercy. E para fechar, "Some Kind of Stranger," um épico intocável, mais de sete minutos, e um dos melhores exemplares deste género, a partir de qualquer momento da história da música.

"First and Last and Always" é
de facto um álbum inteiro, que continua inigualável, e a ele permanentemente será concedido o primeiro lugar, num pedestal do qual não pode ser derrubado.


The Sisters of Mercy, A Rock And A Hard Place

No comments: